O que é programação: para que serve?

Programação é o processo de escrever e organizar códigos de computador para realizar tarefas específicas. Essas instruções permitem que os dispositivos executem funções desejadas, impulsionando o funcionamento de aplicativos, sites e softwares. Entender o que é programação é essencial para navegar no mundo digital atual.
o que é programação

Quer começar a estudar programação mas não sabe por onde começar? Então conheça os melhores cursos de programação do mercado em 2023!

Se você já se perguntou sobre o que é programação e qual a sua utilidade, você não está sozinho. A programação é uma habilidade fundamental que impulsiona grande parte do mundo digital que nos cerca.

Desde aplicativos em nossos smartphones até os sites que visitamos, a programação está por trás de tudo isso, permitindo que computadores executem tarefas e processem informações de maneira eficiente. Nesse artigo vamos entender em detalhe o que é programação, principais linguagens e muito mais.

Um curso,
uma nova experiência!
Conheça a #formaçãojava

Curso FULL STACK do básico ao avançado para você iniciante em Java Web e Spring Boot REST.

Um curso,
uma nova experiência!
Conheça a #formaçãojava

Curso FULL STACK do básico ao avançado para você iniciante em Java Web e Spring Boot REST.

🥇 Rank oficial dos melhores cursos de programação

Precisando aprender programação mas não sabe por onde começar? Conheça agora nossa lista com os melhores cursos de programação de 2024 e veja qual será o melhor para você e seu bolso.

O que é programação?

De forma geral, a programação é o processo de elaboração, teste e manutenção de programas de computadores. Estes programas, por sua vez, são feitos por conjuntos específicos de instruções formuladas pelo programador, mapeando tarefas a serem executadas pela máquina para atender a diversas finalidades.

O surgimento da programação está ligado à história dos computadores. A pioneira nesse campo foi Ada Lovelace, uma mulher notável que montou um código para viabilizar a operação da máquina analítica desenvolvida por Charles Babbage. Esta máquina, robusta e de comunicação desafiadora, é considerada a precursora dos modernos computadores eletrônicos.

Cem anos depois, a acessibilidade dos computadores aumentou significativamente, e a programação conquistou um papel cada vez mais proeminente na concepção dessas tecnologias. A relação da programação com os computadores é fundamental para entender seu propósito. Os computadores, compostos por hardware e software, necessitam de instruções precisas para executar tarefas. 

O hardware engloba todos os componentes físicos, enquanto o software consiste em conjuntos de instruções escritas em linguagens de programação. A programação atua como uma ponte, permitindo que os computadores realizem desde tarefas simples até operações complexas de forma eficiente.

As 5 linguagens de programação mais utilizadas

1. JavaScript

JavaScript é uma linguagem de programação amplamente adotada e versátil, desempenhando um papel crucial no desenvolvimento web. Sua utilidade vai além da criação de páginas estáticas, sendo essencial no desenvolvimento de páginas web interativas e dinâmicas. Além disso, o JavaScript é a linguagem fundamental para o desenvolvimento no lado do cliente, proporcionando experiências de usuário envolventes.

No contexto do Front-End, o JavaScript é essencial para manipulação de elementos HTML, interação com o usuário e criação de interfaces interativas. Bibliotecas populares, como React e Vue, são construídas com base em JavaScript, facilitando o desenvolvimento de aplicações web modernas.

Além do Front-End, o JavaScript também desempenha um papel significativo no Back-End, especialmente com a ascensão de ambientes como o Node.js. Isso permite que os desenvolvedores usem a mesma linguagem em ambos os lados da aplicação, simplificando o desenvolvimento e melhorando a eficiência.

A popularidade do JavaScript é evidenciada pela sua comunidade ativa, vasta gama de recursos e constante evolução. Portanto, dominar JavaScript é um passo fundamental para qualquer aspirante a programador que deseje prosperar no cenário tecnológico atual.

2. Python

Python se destaca como uma linguagem de programação com uma abordagem simplificada, a tornando acessível para programadores de todos os níveis de experiência. Sua sintaxe clara e legível, aliada a uma vasta biblioteca padrão, contribui para a popularidade crescente dessa linguagem em diversos domínios.

O Python conquistou um papel proeminente no campo da inteligência artificial e análise de dados. Bibliotecas como TensorFlow e PyTorch são utilizadas para desenvolvimento de modelos de aprendizado de máquina e deep learning. Além disso, ferramentas como Pandas e NumPy facilitam a manipulação e análise eficiente de grandes conjuntos de dados.

Apesar de não ser tão predominante no desenvolvimento Front-End quanto o JavaScript, o Python é amplamente adotado no Back-End. Frameworks como Django e Flask oferecem estruturas robustas para criar aplicações web escaláveis e seguras.

A simplicidade do Python o torna uma escolha ideal para tarefas de automatização e scripting. Seja na automação de processos rotineiros, criação de scripts para manipulação de arquivos ou implementação de tarefas administrativas, Python destaca-se pela sua versatilidade.

No cenário da Internet das Coisas, o Python também encontra aplicação. Sua capacidade de se integrar facilmente com dispositivos e sensores a torna uma escolha favorita para desenvolvedores que trabalham em projetos IoT.

O ecossistema rico e a comunidade engajada são fatores-chave que contribuem para o sucesso contínuo de Python. Sua flexibilidade e aplicabilidade em diversas áreas fazem dela uma escolha sólida para programadores que buscam uma linguagem versátil e poderosa.

3. Java

O Java, uma linguagem de programação orientada a objetos, conquistou uma posição sólida no mundo do desenvolvimento de software. Com uma filosofia “write once, run anywhere” (escreva uma vez, execute em qualquer lugar), se tornou uma escolha popular para uma variedade de aplicações, desde desenvolvimento de desktop até sistemas empresariais e aplicativos móveis.

O Java é frequentemente empregado no desenvolvimento de aplicativos de desktop, oferecendo portabilidade entre diferentes sistemas operacionais. Isso significa que um programa Java pode ser executado em diversos ambientes sem a necessidade de reescrever o código.

A robustez e confiabilidade do Java o tornam uma escolha preferencial para o desenvolvimento de sistemas empresariais. Grandes corporações confiam em Java para criar aplicativos escaláveis e seguros que suportam operações críticas de negócios.

Embora o desenvolvimento mobile tenha evoluído com outras linguagens, o Java ainda desempenha um papel significativo, especialmente no desenvolvimento para dispositivos Android. A plataforma Android Studio utiliza Java como uma das principais linguagens para criar aplicativos Android.

Sendo assim, o Java é uma escolha comum para o desenvolvimento Back-End, sendo amplamente utilizado em servidores e aplicações web. Frameworks como Spring oferecem estruturas robustas para criar aplicações escaláveis e seguras.

A portabilidade, segurança e a vasta comunidade de desenvolvedores são fatores que solidificam o lugar de Java no cenário da programação. Para aqueles que buscam uma linguagem versátil, especialmente no contexto empresarial, Java continua a ser uma escolha sólida e confiável.

4. PHP

O PHP é frequentemente incorporado em páginas HTML para criar conteúdo dinâmico (isso na sua versão antiga). Ele permite a interação do usuário com o servidor, processando formulários, acessando bancos de dados e gerando páginas personalizadas em tempo real. O WordPress, um dos sistemas de gerenciamento de conteúdo mais populares, é construído em PHP.

Uma das principais vantagens do PHP é sua curva de aprendizado acessível, a tornando uma escolha ideal para iniciantes. Sua sintaxe é semelhante à de outras linguagens de programação, facilitando a transição para PHP.

Além disso, o PHP possui uma vasta comunidade de desenvolvedores, resultando em uma enorme biblioteca de scripts e recursos prontos para uso. Isso acelera o processo de desenvolvimento, permitindo aos programadores aproveitar soluções já existentes.

O PHP também é comumente utilizado para interagir com bancos de dados, tornando-o uma escolha eficaz para aplicações que requerem armazenamento e recuperação de informações. A integração fluida com bancos de dados MySQL é uma característica marcante.

Embora outras linguagens tenham surgido para o desenvolvimento web, o PHP continua a ser uma opção relevante, especialmente para projetos que demandam flexibilidade e eficiência na manipulação de conteúdo dinâmico na web.

5. C#

C# (pronunciado “C sharp”) é uma linguagem de programação moderna e orientada a objetos desenvolvida pela Microsoft. Projetada para ser robusta, eficiente e fácil de usar, o C# se tornou a linguagem principal para o desenvolvimento de aplicativos na plataforma Windows.

Sendo assim, o C# é a escolha predominante para o desenvolvimento de aplicativos nativos para o ecossistema Windows. Ele permite a criação de aplicativos com uma interface gráfica intuitiva e a integração eficaz com outros serviços e tecnologias da Microsoft.

O C# também é amplamente utilizado na indústria de desenvolvimento de jogos, especialmente com a popularidade da engine Unity. A Unity utiliza C# como sua principal linguagem de script, permitindo aos desenvolvedores criar jogos envolventes para diversas plataformas.

Além disso, tem também o ASP.NET que é um framework para desenvolvimento web que utiliza C# como linguagem principal. Isso proporciona aos desenvolvedores a capacidade de criar aplicações web escaláveis, seguras e eficientes.

Além de tudo, o C# oferece integração com outros produtos e serviços da Microsoft, como o banco de dados SQL Server e o Azure. Isso simplifica o desenvolvimento de soluções abrangentes que se alinham ao ecossistema Microsoft.

A natureza versátil e a ampla adoção do C# no universo Microsoft fazem dela uma escolha estratégica para desenvolvedores que buscam criar aplicativos eficientes e bem integrados no ambiente Windows. Seja no desenvolvimento de software, jogos ou aplicações web, C# oferece uma base sólida para projetos ambiciosos.

Qual a importância da programação para o mundo digital?

A programação tem um papel crucial nos dias de hoje, sendo uma força motriz por trás da transformação digital que redefine a maneira como vivemos, trabalhamos e nos conectamos. Seu impacto abrange diversos setores, moldando o panorama do mundo digital de maneiras significativas.

  • Inovação tecnológica: a programação é o catalisador da inovação tecnológica. Através do desenvolvimento contínuo de algoritmos, aplicativos e sistemas, os programadores impulsionam a evolução constante da tecnologia, introduzindo soluções inovadoras para desafios complexos.
  • Desenvolvimento de aplicações e softwares: a criação de aplicativos e softwares é uma das facetas mais visíveis da programação. Desde aplicativos móveis até sistemas empresariais, a capacidade de programar é essencial para traduzir ideias em soluções funcionais que atendam às necessidades da sociedade.
  • Automatização de processos: programas e scripts automatizados simplificam e agilizam uma variedade de processos. Da automação industrial à integração de sistemas, a programação permite a criação de soluções eficientes que reduzem a carga de trabalho manual e aumentam a produtividade.
  • Inteligência artificial e machine learning: a programação é fundamental para o avanço da inteligência artificial (IA) e do aprendizado de máquina (Machine Learning). Algoritmos complexos são desenvolvidos para capacitar sistemas a aprender, se adaptar e tomar decisões com base em dados, abrindo caminho para inovações significativas.
  • Segurança cibernética: a programação é essencial para a construção de sistemas de segurança cibernética robustos. Programadores desenvolvem algoritmos e protocolos para proteger informações sensíveis, prevenir ataques e garantir a integridade dos dados no mundo digital.

Em resumo, a programação é a força que impulsiona a inovação e a evolução contínua do mundo digital. Seja na criação de soluções tecnológicas, na automação de processos ou na construção da próxima geração de aplicativos, a importância da programação é indiscutível no panorama digital contemporâneo.

Qual a melhor linguagem para começar a programar?

Ao iniciar a jornada na programação, a escolha da linguagem certa pode ser crucial para facilitar o aprendizado e a compreensão dos conceitos fundamentais. Embora haja uma variedade de linguagens disponíveis, algumas são mais acessíveis para iniciantes.

Aqui estão algumas opções recomendadas para quem está dando os primeiros passos na programação:

1. JavaScript:

Facilidade de aprendizado: JavaScript é conhecido por sua sintaxe amigável, facilitando a compreensão para iniciantes.

Versatilidade: Éé uma linguagem essencial para o desenvolvimento web, permitindo a criação de interações dinâmicas em páginas da web.

2. Python:

Legibilidade: Python destaca-se pela legibilidade de seu código, tornando-o mais compreensível para iniciantes.

Comunidade ativa: possui uma comunidade robusta que oferece suporte e recursos valiosos para quem está aprendendo.

3. Scratch:

Visual e intuitivo: desenvolvido para ensinar programação a crianças, o Scratch utiliza uma interface visual, tornando os conceitos mais intuitivos.

Conceitos fundamentais: ajuda a entender conceitos básicos de lógica de programação sem a complexidade de sintaxes tradicionais.

4. Java:

Orientação a objetos: Java é uma linguagem orientada a objetos, introduzindo os fundamentos desse paradigma desde o início.

Portabilidade: aplicações Java podem ser executadas em diferentes plataformas, aumentando sua versatilidade.

5. HTML e CSS:

Essenciais para Web: embora não sejam linguagens de programação tradicionais, HTML (estrutura) e CSS (estilo) são cruciais para o desenvolvimento web.

Aprendizado Gradual: oferecem uma introdução suave ao mundo da programação, especialmente para quem tem interesse em web development.

A escolha da melhor linguagem depende dos objetivos específicos de aprendizado e das preferências individuais. JavaScript é uma opção sólida para quem deseja começar com desenvolvimento web, enquanto Python é elogiado por sua versatilidade em diversas áreas. Scratch é ideal para introduzir conceitos fundamentais de maneira lúdica.

Enquanto Java oferece uma abordagem orientada a objetos robusta. HTML e CSS são fundamentais para quem busca entender os alicerces da criação web. O importante é escolher uma linguagem que se alinhe aos seus interesses e metas de programação.

Por que aprender programação?

Aprender programação é mais do que adquirir uma habilidade técnica; é abrir portas para um mundo de oportunidades e benefícios. Essa jornada oferece o desenvolvimento de habilidades analíticas e lógicas, incentivando a resolução estruturada de problemas complexos. Além disso, a programação estimula a criatividade, permitindo a criação de soluções inovadoras para desafios do mundo real.

A versatilidade da programação é evidente na ampla gama de oportunidades de carreira que oferece, desde desenvolvimento web até inteligência artificial. Para empreendedores, a habilidade de desenvolver software traduz ideias em soluções concretas. A programação também proporciona uma compreensão mais profunda do funcionamento dos dispositivos e sistemas tecnológicos em um mundo cada vez mais digital.

Além de salários competitivos, a programação incentiva a mentalidade de aprendizado contínuo, uma necessidade dada a rápida evolução tecnológica. O trabalho em equipe é uma competência adquirida, contribuindo para projetos colaborativos e soluções conjuntas. A capacidade de impactar socialmente, seja na educação, saúde ou sustentabilidade, também é um aspecto importante da programação.

Em resumo, aprender programação é uma jornada que transcende o domínio de linguagens específicas. Envolve o desenvolvimento de uma mentalidade analítica, criativa e adaptável. Seja para buscar uma carreira sólida, empreender ou compreender melhor o universo tecnológico, a programação oferece um caminho empolgante e recompensador.

Perguntas frequentes sobre o que é programação

Qual definição de programação?

Programação se refere à criação de sequências de instruções para computadores executarem tarefas. Envolve linguagens específicas, como JavaScript ou Python, e é essencial no desenvolvimento de software.

O que é programação e para que serve?

Programação é a elaboração de comandos para computadores. Serve para criar software, sites e aplicativos, possibilitando automação de tarefas e solucionando problemas complexos.

O que é programação de TI?

Programação de TI é a aplicação de linguagens como Java ou C++ na criação de software, sistemas e aplicações tecnológicas, impulsionando a inovação e eficiência na área de Tecnologia da Informação.

Quais são os tipos de programação?

Existem diversos tipos, como programação procedural, orientada a objetos e funcional. Cada abordagem tem características distintas, atendendo a diferentes necessidades de desenvolvimento de software.

Esse artigo foi útil para você? 🤔
Deixe seu comentário!

Pedro Galvão

Estudo e trabalho com programação/ tecnologia há mais de 5 anos. Iniciei na carreira de programação como Front-end e migrei para a área de SEO com foco na parte técnica, cuidando da estrutura do site, performance e afins.

Compartilhe

Conheça os melhores
cursos de programação!

Conheça os melhores cursos de programação do mercado e de um up na carreira.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima